Com muito equilíbrio, qualifying define últimas vagas no torneio principal

Publicado em: 22 DE SETEMBRO

Com muito equilíbrio, qualifying define últimas vagas no torneio principal
Samuel passa pelo bloqueio de Gabriel Zuliani (Créditos: Ana Patrícia/Inovafoto/CBV)

O qualifying da primeira etapa Open do Circuito Brasileiro de vôlei de praia definiu nesta quarta-feira (22.09) as últimas duplas que vão disputar o torneio principal no Rio de Janeiro (RJ) a partir das 8h desta quinta (23.09). Foram sete tiebreaks em oito jogos da rodada decisiva, e quatro parcerias de cada naipe garantiram a vaga na fase de grupos.

Na disputa masculina, Marcus/Allison Francioni (RJ/SC), Lyan/Matheus (GO/SE), Nico/Samuel (SC) e Gabriel Santiago/Johann (DF/RJ) foram os classificados. Rafaela/Jessica (PA), Fabrine/Flavia Moura (BA/RJ), Thainara/Sandressa (RN/AL) e Teresa/Juliana Simões (DF/PR) avançaram à fase de grupos na competição feminina.

GALERIA DE FOTOS
TABELA DE JOGOS

Depois de um ano parado por conta de uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho cruzado, Lyan (GO) voltou a jogar na nona etapa Open, mas ainda sem a preparação ideal. Não à toa a classificação para o torneio principal – após vitória sobre Gabriel Gouveia/Igor Borges (RJ) por 22/24, 25/23 e 16/14 – foi motivo de muita emoção.

“Qualifying é muito difícil. Todo mundo sabe que é muito difícil, porque é muita pressão, se você errar, você está fora. Mas para essa etapa eu me preparei muito, eu dei o meu melhor. Ninguém acreditava em mim, passei por muita coisa, só eu e meu pai sabemos. É muito gratificante ter sucesso em algo que você trabalhou tanto”, afirmou Lyan.

Vice-campeões do sub-21, Nico e Samuel (SC) reeditaram a decisão de segunda-feira (20.09) e venceram Mateus Dultra/Gabriel Zuliani (CE/PR) nesta quarta antes de passarem por Jefferson/Alvaro Andrade (CE/SE) no jogo decisivo.

“É uma experiência muito massa para a gente. Nosso foco principal ainda é o Mundial sub-19, que vai ser realizado no final do ano, e esses eventos são muito bons para a nossa preparação, entender como está nosso trabalho. Fizemos três jogos duríssimos hoje, conseguimos vencer o Gabriel e o Mateus na reedição da final do sub-21, uma partida decidida em detalhes. É muita felicidade, muita alegria por essa conquista, e agora é aproveitar e jogar bem amanhã”, afirmou Samuel.

Também vice-campeãs no sub-21 como parceiras na segunda-feira, Thainara (RN) e Karol (SE) foram adversárias nesta quarta. Melhor para Thainara que, ao lado de Sandressa (AL), venceu Karol/Aninha (SE/MS) por 20/22, 21/16 e 15/12.

“É muito louco, porque a final foi um jogo digno de final mesmo, a gente fez um jogão. Eu e Karol temos uma parceria longa de outros campeonatos, e uma consideração muito grande uma pela outra, um respeito muito grande. Mas cada competição é diferente, eu jogo o Sub com ela e o adulto com a Sandressa, e a gente está sujeito a essas situações. Dessa vez a gente levou a melhor, mas o respeito é o mesmo, dentro ou fora de quadra, do lado ou do outro lado. Tem que saber separar mesmo”, disse Thainara.

Fechando o dia de disputas com mais um tiebreak, Teresa e Juliana Simões (DF/PR) garantiram a vaga no torneio principal com uma vitória de virada sobre Lucília Rosa/Alana (SP): 17/21, 21/15 e 16/14.

“Muita felicidade e muita gratidão. A gente tem feito um trabalho muito legal junto e isso reflete aqui na quadra. No momento de dificuldade a gente está se ajudando, quando está funcionando a gente está com alegria, tentando dar sempre o melhor possível. É um bom começo da temporada do Open, a gente quer ter uma boa performance, e os resultados vão vindo”, destacou Teresa.

“A gente está muito feliz com esse primeiro passo, porque é um trabalho de muita entrega, a gente se dedica muito a isso, e a gente consegue ver que está dando certo. Mas queria também parabenizar as meninas, foi um excelente jogo, foi um grande espetáculo, mas infelizmente é um jogo e tem que ganhar um time e o outro perder”, completou Juliana.

As duplas que já estavam garantidas no torneio masculino são: George/André (PB/ES), Evandro/Álvaro Filho (RJ/PB), Alison/Guto (ES/RJ), Adrielson/Arthur (PR/MS), Renato/Vitor Felipe (PB), Lipe/Anderson Melo (CE/RJ), Oscar/Saymon (RJ/MS), Leo Gomes/Thiago (RJ/SC), Hevaldo/Adelmo (CE), Leo Vieira/Bruno de Paula (DF/AM), Luciano/Vinicius Freitas (ES), Arthur Lanci/Pedro Solberg (PR/RJ), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Fernandão/Fabio (ES/CE), Jô/Rafa (PB/PR), Averaldo/Harley (TO/DF).

No feminino, as 16 parcerias que já estavam asseguradas na fase de grupos são Ágatha/Duda (PR/SE), Bárbara Seixas/Carol Solberg (RJ), Rebecca/Talita (CE/AL), Maria Elisa/Ana Patricia (RJ/MG), Elize Maia/Thamela (ES), Andressa/Vitoria (PB/RJ), Taiana/Hegê (CE), Vic/Tainá (MS/SE), Aline/Neide (SC/AL), Carol Horta/Cacá Richa (CE/RJ), Tory Paranaguá/Angela (CE/DF), Val/Verena (RJ/CE), Josi/Carol Goerl (SC/RS), Andrezza/Thati (AM/PB), Rosimeire Lima/Vivian (AL/PA) e Ana Luiza/Erica Freitas (SC/MG).

Assim como aconteceu na temporada anterior, todas as etapas do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Open 2021 contará com ampla cobertura de transmissão com os canais oficiais da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), seja pela página da entidade no Facebook, seja no Canal Vôlei de Praia TV, além de duas semifinais (uma de cada gênero) e as finais exibidas pelos canais SporTV.

CIRCUITO BRASILEIRO OPEN DE VÔLEI DE PRAIA 2021

PRIMEIRA ETAPA

Local: Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), no Rio de Janeiro (RJ)

23.09 (QUINTA-FEIRA) – Fase de grupos – das 8h às 18h

24.09 (SEXTA-FEIRA) – Fase de grupos e eliminatórias – das 8h às 17h

25.09 (SÁBADO) – Eliminatórias e semifinais – das 9h às 19h

26.09 (DOMINGO) – Finais e disputas pelo bronze – das 10h às 12h

Transmissões – Facebook da CBV (apenas quadra 1), Vôlei de Praia TV (todas as quadras) e canais SporTV (uma semifinal masculina, uma semifinal feminina e as finais de ambos os gêneros)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais